Confira
Início Seguro Viagem Como funciona o seguro de viagem cobre furto

Como funciona o seguro de viagem cobre furto

0
79

Muitas pessoas não têm ideia do benefício e da segurança ao contratar um seguro de viagem cobre furto. Por isso e pelas outras vantagens, esse serviço se torna de extrema importância quando se vai realizar uma viagem.

O seguro de viagem, assegura que as pessoas tenham uma viagem mais tranquila, e que nenhum imprevisto possa atrapalhar o roteiro das férias. Entre as coberturas mais exigidas pelos clientes nas apólices, está o seguro viagem anti roubo.

É muito importante a contratação de seguro repara danos, para se ter uma cobertura no caso de roubos, danos e até mesmo o extravio da bagagem. Uma coisa boa das seguradoras, é que elas já oferecem esse tipo de serviço até mesmo nos planos com coberturas mais básicas.

Confira

Pensar em chegar no seu tão esperado destino e sua mala simplesmente sumir, já dá logo aquela dor de cabeça. Mas, nesse tipo de situação a responsabilidade é toda da companhia aérea, e o passageiro terá que cobra-los para que de fato sua mala apareça.

O seguro de viagem cobre furto, nesse tipo de situação, será uma garantia para que você tenha o reembolso de eventuais objetos que foram perdidos. Por isso, recomenda-se ler e discutir as coberturas da apólice, antes de fechar o contrato.

O que devo saber ao contratar um seguro de viagem cobre furto

Para todos os casos de roubo, furto, dano, extravio ou destruição da bagagem a seguradora exige que sejam devidamente comprovados para que o seguro de viagem cobre furto possa garantir o pagamento da indenização ao segurado.

A comprovação é feita através da apresentação de um relatório que é cedido pela companhia de viação aérea. Esse relatório tem como fundamento comprovar que a bagagem foi realmente perdida.

Se isso acontecer, o segurado poderá ser indenizado levando em conta o peso da mala. Os materiais de conteúdo interno da bagagem não influenciam no valor a ser pago de indenização.

Outra coisa que todo viajante precisa saber antes de contratar o seguro de viagem cobre furto é que a mala de mão não entra na cobertura. Qualquer dano causado nesse tipo de bagagem fica na responsabilidade do dono.

Em casos de danos feitos na bagagem por parte da transportadora também podem ser anexados no contrato quando se vai fechar um seguro de viagem.

Em caso de roubo ou de perda dos documentos pessoais, o seguro de viagem cobre furto oferece todo o respaldo necessário para a emissão da segunda via de todos os documentos, incluindo cartões de banco, crédito e débito.

Dicas para contratar um seguro de viagem cobre furto:

  • Realizar cotação do melhor valor de seguro de viagem;
  • Entender como funcionam as coberturas nas apólices;
  • Anotar todos os telefones da seguradora e deixar em um local seguro em caso de emergências;
  • Optar por seguradoras conhecidas no mercado, evitando golpes;

Quando a seguradora pode não indenizar o segurado?

Para as situações em que o seguro de viagem cobre furto não garante a indenização ao segurado são chamadas de “riscos excluídos”. Essas exclusões do seguro mudam conforte o plano e a cobertura contratada. Mas, as que são mais comuns são essas:

  • Quando o problema não é comunicado a companhia aérea pode não haver cobertura;
  • Danos ou estragos da bagagem causados pela apreensão das autoridades;
  • Objetos dentro da mala que forem furtados ou danificados;
  • Algum evento causado pelo segurado;
  • Estragos causados a óculos, lentes, joias, relógios, dinheiros, aparelhos de dentes e similares;
  • Quando a mala for confiscada ou apreendida pela alfândega ou outras autoridades do governo.

Para se ter uma viagem tranquila sem maiores complicações, o ideal é a contratação de um seguro de viagem cobre furto. Somente ela permite que o viajante aproveite seus dias de passeio com conforto e sossego.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui