Reembolso do Seguro de Viagem – Aprenda a Fazer!

0
37

Você sabe como realizar o reembolso do seguro de viagem? É muito importante conhecer esse tipo de informação antes mesmo de contratar o seu seguro, principalmente porque algumas seguradoras não oferecem o reembolso.

Em alguns casos, a seguradora pode querer arcar com as despesas diretamente, e o viajante não precisará desembolsar nenhum centavo. Em outros casos, o valor gasto em eventuais despesas é reembolsado.

Neste artigo, vamos mostrar como funciona a modalidade de reembolso do seguro viagem, e explicar o que deve ser feito para conseguir o seu dinheiro de volta depois de já ter acionado o seu seguro. Aproveite o texto e boa leitura!

Para que serve o reembolso do seguro de viagem?

O reembolso do seguro de viagem serve para ressarcir o viajante dos valores que ele precisou gastar com alguns imprevistos durante a viagem.

Tanto os valores quanto os tipos de imprevistos são combinados previamente entre as duas partes através do contrato.

Da mesma forma, o tipo de serviço que a seguradora oferece (reembolso ou pagamento direto das despesas) e a forma como o reembolso do seguro de viagem deve ser feito precisam estar claros no contrato.

Por isso, antes de decidir contratar, não deixe de observar como funciona, e veja se estará de acordo com o combinado.

Vale lembrar, ainda, que, caso você tenha ultrapassado o limite estabelecido no contrato, o reembolso não será feito.

Suponha que você tenha gastado R$500,00 com medicamentos, mas o seguro só cobre R$400,00, os R$100,00 restantes não serão devolvidos, e ficarão por sua conta.

Então, a dica é nunca tentar resolver um imprevisto sozinho, e sempre acionar o seguro antes de pagar qualquer despesa, pois a equipe do atendimento ao cliente poderá lhe oferecer ajuda com melhores instruções, para que você possa receber o reembolso das despesas de forma integral.

Como fazer o reembolso do seguro de viagem?

Para receber o reembolso do seguro de viagem, você deve reunir os seus documentos, além dos comprovantes ou recibos de pagamento da despesa em questão.

Quando se tratar de gastos em assistência médica, hospitalar e farmacêutica ou sessões de fisioterapia, você deverá, ainda, ter em mãos o relatório médico.

Para enviar esses documentos, vai depender do esquema que a própria seguradora utiliza, e pode ser via internet (anexar os documentos scaneados no site da seguradora, em uma plataforma de solicitação do reembolso), enviando para a seguradora pelo correio ou levando os documentos até a agência.

Vale a pena lembrar que, caso o seguro tenha sido contratado para uma viagem internacional, pode haver um pouco mais de burocracia para receber o seu reembolso.

Dessa forma, a indenização às eventuais despesas realizadas em algum país estrangeiro serão realizadas em moeda nacional, ou seja, em reais, de forma a respeitar o Capital Segurado de cada cobertura (o limite de valores).

Se a cobertura tiver sido definida em moeda estrangeira, o valor será convertido e atualizado da mesma maneira, tudo dentro dos termos da legislação específica, baseando-se na data do efetivo reembolso ao segurado.

Dependendo da seguradora, as regras podem mudar, mas, em geral, essa é a base. De qualquer forma, reforçamos, mais uma vez, que você deve procurar essas informações antes de fechar o contrato.reembolso do seguro de viagem

Conclusão

Por fim, podemos concluir que as informações sobre o reembolso devem ser analisadas no momento do contrato e que, para receber o pagamento, o segurado deve sempre ter em mãos os documentos exigidos.

Portanto, não deixe de se atentar na hora de pedir o reembolso do seguro de viagem, e cuide para que tudo esteja em ordem, evitando, assim, demais burocracias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui