Seguro De Viagem Europa Schengen

0
9

O seguro de viagem Europa Schengen é essencial para as pessoas que desejam viajar para os países do continente. Ou melhor, essencial não, obrigatório! Sem ele, você corre o risco de não conseguir entrar em algum país e transitar livremente por eles.

Quase 30 países, incluindo todos os integrantes da União Europeia, exceto Irlanda e Reino Unido e 4 países que não são membros da UE (Islândia, Noruega, Listenstaine e Suíça), assinaram o acordo de Schengen.

Este foi um meio que os governos locais encontraram para proteger o passeio dos turistas, que ao viajarem, estão submetidos a várias possibilidades de adversidades, como bagagem extraviada, roubo, acidentes, enfim, uma infinidade de acontecimentos.

Seguro de viagem Europa Schengen, o que preciso para entrar lá?

Para obter o seguro de viagem Europa Schengen é necessário cumprir algumas obrigações. Confira:

  • Passaporte com validade superior a 6 meses;
  • Passagem aérea de ida e volta com permanência máxima de 90 dias;
  • Comprovante de hospedagem;
  • Plano de assistência médica internacional com cobertura mínima equivalente a 30 mil euros;
  • Comprovante de meios financeiros para manter-se durante a estada.

Fica a critério das autoridades das fronteiras de cada país a exigência do cumprimento destas formalidades. Aos estrangeiros que não cumprem os requisitos acima, pode ser recusada ou dificultada a entrada no espaço Schengen.

  • Você pode até optar por não cumprir todos esses pré-requisitos, não é sempre que é feito o checklist completo logo que você desembarca em terras europeias. Porém, tenha em mente que caso você não esteja com todos esses dados em mãos, pode ter o visto de entrada;

  • Quanto à contratação da apólice de seguro, tenha cuidado com a conversão dólar/euro.

Seguro de viagem Europa Schengen, o necessário entrar no espaço

Seguro de viagem Europa Schengen tem tempo de permanência máxima de 90 dias. Essa informação pode levar o indivíduo a pensar que, ao sair e retornar desses países, um novo prazo de 90 dias será iniciado, contudo, essa é uma perspectiva errada e pode, inclusive, te colocar em uma situação vulnerável.

Funciona da seguinte forma:

  • Cada ciclo se renova em 180 dias e desses 180 dias você pode estar dentro da zona de Schengen por 90. Ou seja, se você ficar 90 dias corridos nesses países terá que passar 90 dias fora da zona até que o ciclo seja reiniciado;

  • Não precisam ser dias corridos, por exemplo, você pode sair e entrar nos países pertencentes a zona e somente contarão os dias que você realmente esteve lá.

Vale ressaltar que é necessário passar pela imigração toda vez que retornar a esses países e também tenha em mente que a data que conta é a de quando você recebeu o primeiro visto de entrada, ou seja, quando entrou pela primeira vez na área de Schengen.

Quais países fazem parte do tratado?

Você irá precisar do seguro de viagem Europa Schengen para os seguintes países:

  • Alemanha;

  • Áustria;

  • Bélgica;

  • Dinamarca;

  • Eslováquia;

  • Eslovênia;

  • Espanha;

  • Estônia;

  • Finlândia;

  • França;

  • Grécia;

  • Holanda;

  • Hungria;

  • Islândia;

  • Itália;

  • Liechtenstein;

  • Letônia;

  • Lituânia;

  • Luxemburgo;

  • Malta;

  • Noruega;

  • Polônia;

  • Portugal;

  • República Tcheca;

  • Suécia;

  • Suíça.

Nos seguintes territórios dos países membros do espaço Schengen o tratado não é válido:

  • Antilhas Holandesas e Aruba;
  • Heligolândia, da Alemanha;
  • Gronelândia e Ilhas Faroé, da Dinamarca;
  • Livigno, da Itália;
  • Monte Athos, da Grécia; 
  • Svalbard, da Noruega;
  • Todos os territórios ultramarinos, da França. 

Agora você já sabe tudo que é relacionado ao seguro de viagem Europa Schengen. Comente o que achou e não deixe de comentar compartilhar este conteúdo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui