Seguro De Viagem Europa

0
53

Um seguro de viagem Europa é obrigatório para alguns países do continente. Estamos falando dos países que fazem parte do tratado de schengen, você sabe o que é este tratado?

O tratado de schengen foi um meio que o governo local encontrou para que turistas tenham a garantia de um passeio confiável, seguro e protegido. O valor mínimo é de 30 mil euros e ele cobre despesas médicas, como consultas, internação hospitalar, compras em farmácias, enfim, tudo relacionado a saúde.

É uma exigência bastante útil, considerando que algumas pessoas não cogitam contratar um seguro de viagem e consequentemente não medem os resultados negativos desta má escolha. O melhor é que nada de ruim aconteça, mas caso ocorra alguma adversidade, um seguro de viagem irá te amparar.

Seguro de viagem Europa é obrigatório?

Sim, o seguro de viagem Europa é obrigatório, pelo menos na grande maioria dos países europeus que fazem parte da Área Schengen, originada de um acordo de livre circulação entre os países envolvidos.

Isso faz com que o visto não seja necessário para entrar na área, mas ainda é preciso apresentar a documentação exigida. Isto inclui comprovar que tem um seguro viagem que seja válido para qualquer um dos países do tratado, e com uma cobertura médica mínima de 30 mil euros.

Porém, depois de passar por este controle de fronteiras inicial, o transporte entre os países é facilitado, como se estivesse transitando dentro de um só país.

Se seguro de viagem Europa é obrigatório, quais são os países que exigem?

O seguro de viagem Europa é necessário nos seguintes países:

  • Áustria;

  • Bélgica;

  • República Checa;

  • Dinamarca;

  • Estónia;

  • Finlândia;

  • França;

  • Alemanha;

  • Grécia;

  • Hungria;

  • Islândia;

  • Itália;

  • Letónia;

  • Liechtenstein;

  • Lituânia;

  • Luxemburgo;

  • Malta;

  • Holanda;

  • Noruega;

  • Polônia;

  • Portugal;

  • Eslováquia;

  • Eslovênia;

  • Espanha;

  • Suécia;

  • Suíça.

O Reino Unido e a Irlanda optaram por não fazerem parte do tratado e, por isso, o seguro não é obrigatório lá, apesar de ainda ser recomendado em qualquer circunstância, ok?

Na Romênia, Bulgária, Croácia e Chipre, o seguro viagem ainda não é exigido, mas devem entrar em processo de implementação em breve. Por isso, é bom ficar atento.

As vantagens de contratar um seguro de viagem para a Europa

Mesmo o seguro de viagem Europa sendo obrigatório para alguns países, em alguns não são, mas mesmo assim, contratando um, você só encontra benefícios como:

  • Bom custo benefício

A boa qualidade da saúde e atendimento médico na Europa é notória. Mas isso pode vir acompanhado por um preço bastante elevado. Mesmo em alguns dos países de custos médicos mais baratos o preço pode ser desconfortável.

  • Na Espanha uma Ressonância Magnética pode custar 116 euros e, a internação hospitalar, cerca de 380 euros por dia;

  • Na Suíça, um dia de internação chega a custar 4 mil euros, enquanto a Ressonância Magnética pode custar 450 euros.

Se você tiver um seguro viagem, não vai precisar se preocupar com nenhum desses custos se ficarem abaixo de 30 mil euros. Ou até mais, dependendo do plano escolhido!

O custo dessa contratação também depende da opção de plano, mas pode variar entre mais de 50 reais por dia ou até mesmo em torno de 8 reais por dia, em alguns casos.

  • Te livra de despesas extras

Além dos benefícios envolvendo o atendimento médico, alguns seguros podem te ajudar a encontrar sua bagagem se ela for perdida. As prevenções já começam até mesmo antes da viagem, com auxílio em casos de atrasos no voo.

Gostou do conteúdo sobre seguro de viagem Europa? Agora você está preparado para a sua. Comente o que achou e compartilhe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui