Seguro viagem Europa saúde – Confira o que cobre!

0
109

Está planejando passar suas próximas férias na Europa e está cheio de dúvidas e questões sobre o que deve e o que não precisa contratar? Pois, é importante destacar que o seguro viagem Europa saúde deve ser um aspecto primordial da sua lista de tarefas!

Mas, afinal, porque todo viajante precisa contratar um seguro viagem? Se você tem essa dúvida, saiba que poderá ter a resposta certa agora mesmo! Afinal, esse conteúdo será totalmente focado em lhe ajudar nessa missão!

Primeiramente é importante salientar que a contratação de um seguro viagem Europa saúde é realmente indispensável, uma vez que o atendimento médico existente em outros países poderá lhe custar uma enorme quantia em dinheiro!

Além disso, esse tipo de serviço não se limita somente a esse aspecto, sendo que ele poderá ainda envolver uma série de outros serviços que são fundamentais para a sua comodidade, tranquilidade, e claro, segurança!

Um dos mais evidentes nesse sentido, pode ser associado ao suporte jurídico que o viajante poderá contar em caso de necessidade, bem como indenizações por conta do extravio de bagagem.

Se por ventura acontecer de você perder seus documentos, também poderá contar com o seguro viagem, bem como ter um reembolso em casos de atrasos ou cancelamento de voos! – legal, não é mesmo?

Quer entender mais sobre esse assunto e saber por que o seguro viagem Europa pode ser seu maior aliado nas próximas férias? Então continue acompanhando agora mesmo o conteúdo a seguir e entenda mais!

seguro viagem Europa saúde – ele  é obrigatório ou eu posso optar pela sua contratação?

Na verdade, tudo poderá depender do seu destino e até mesmo quais e quantos países você está disposto a conhecer na sua próxima viagem! Isso porque muitos países da Europa integram o chamado Tratado de Schengen!

Países eu façam parte do tratado exigem por parte de seus turistas que haja a contratação de um seguro viagem. Ou seja, é obrigatória não somente a sua contratação, mas também é preciso se atentar à regra de cobertura mínima!

Nesse caso, a cobertura mínima exigida refere-se ao montante de 30 mil euros – os países que geram tal obrigatoriedade são: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Islândia, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Romênia, Suécia e Suíça. Fora dali, também exigem seguro Cuba, Emirados Árabes Unidos, Qatar e Turquia.

E qual a diferença entre seguro e assistência?

Essa é uma dúvida bem comum! Mas é fácil entender as diferenças de uma maneira geral!

O seguro tem a proposta de reembolsar as despejas do viajante, que poderá pagar as contas do seu próprio bolso e posteriormente deverá submeter notas e também laudos para a sua seguradora!

Já no caso da assistência é feita uma espécie de triagem por meio do telefone, e se for preciso, é feito o encaminhamento do viajante para um determinado hospital que seja devidamente credenciado – é possível ainda que se mante um médico até o hotel onde o contratante esteja, sem que isso exija qualquer custo extra!

O mais interessante é que nos dias de hoje grande parte das operadoras realizam a ofertas de planos híbridos, ou seja, eles podem funcionar da forma que o cliente realmente precisa.

Isso quer dizer que se pode adequar um serviço de assistência ou um seguro conforme a ocorrência ou eventuais necessidades!

O seguro viagem Europa saúde é realmente indispensável e jamais deve ser desconsiderado do seu planejamento de viagem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui