Seguro viagem fazer

0
65

Ninguém planeja ficar doente ou ferido durante as férias, mas acidentes acontecem e, se acontecerem no exterior, os custos médicos podem chegar a centenas de milhares de dólares. Por isso, é importante seguro viagem fazer.

O governo não pagará pelo seu tratamento médico no exterior, nem por sua evacuação médica em um terceiro país. Portanto, a cobertura adequada pode minimizar seu risco financeiro.

Mesmo se você estiver viajando dentro do Brasil ou se adoecer antes de sua viagem, dependendo do seu nível de cobertura, o seguro de viagem poderá atenuar algumas perdas financeiras, como a remarcação de voos e acomodações.

Proteja-se

Você deve sempre ler por completo o contrato de uma política que você selecionou para garantir que você compreenda todas as inclusões, exclusões e limitações dela antes de comprar.

– Se você está planejando um feriado e está pensando em ir com a família a algum lugar no fim do ano, pode valer a pena seguro viagem fazer e comprar uma cobertura.

– Enquanto paga apenas pelo período em que viaja, você estará coberto desde o momento em que compra a sua apólice, sendo capaz de adquirir passeio protegido.

  • Também é importante notar que alguns provedores não permitem que você compre um seguro depois de deixar o Brasil.

Quem pode se beneficiar?

Uma pesquisa de 2016 constatou que, enquanto 12% dos brasileiros entrevistados adotaram uma política de viagem antes de deixar o país, apenas cerca de 6% fizeram um seguro em sua última viagem ao exterior.

– Enquanto seguro de viagem é uma consideração para cada pessoa que tira férias no exterior, um seguro anual de viagem é uma opção para quem viaja com frequência.

  • Seja para negócios ou lazer, seja no mercado interno ou internacional, você precisa estar seguro.

– Mesmo que você ainda não saiba exatamente quais países você visitará, poderá escolher uma cobertura mundial.

  • Dessa forma, você pode voar para qualquer destino a qualquer momento e com tranquilidade.

Por que você deve obter um?

É esperado que você não precise reivindicar seu seguro, mas é sempre melhor estar preparado, especialmente quando você considera que um quarto dos brasileiros passaram por um evento segurável em suas últimas férias no exterior.

– Simplificando, é importante comprar um seguro toda vez que você for ao exterior, e há boas razões para isso.

Uma delas é que, conforme dito, o governo não paga contas médicas por acidentes ou ferimentos que acontecem em um país diferente.

  • Sem seguro viagem fazer, você pode acabar pagando milhares em despesas médicas e voos de volta para casa.

Você nunca sabe o que pode dar errado

Assumir que coisas ruins não acontecerão nas suas férias é uma atitude errada, especialmente porque o seguro cobre mais do que apenas lesões e doenças.

– Coisas como uma bagagem roubada ou perdida e voos cancelados podem custar caro se você não tiver.

– Você não será capaz de ultrapassar a fronteira de certos países sem os vistos apropriados e sem seguro.

Conte com:

Políticas domésticas: Cobre apenas viagens por todo o país – no entanto, você pode ter que ter uma certa distância mínima de casa para que ela se aplique.

  • Geralmente, uma política doméstica inclui um nível de cobertura para bagagem, pertences e cancelamento de viagem, mas exclui médicos.

– Políticas internacionais: destina-se a viagens em todo o mundo ou a viagens para países em regiões específicas.

A maioria das políticas internacionais fornecerá um nível de cobertura para despesas médicas emergenciais, evacuação, perda de bagagem e pertences pessoais, cancelamento de viagem e responsabilidade pessoal de terceiros.

Sabendo tudo sobre seguro viagem, não deixe de se mante – lo onde quer que você vá!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui