Seguro viagem hiv

0
100

Ter um seguro de viagens é muito importante para toda e qualquer pessoa que pensa em viajar. Entretanto, para pessoas soropositivos, o seguro viagem hiv é primordial para a saúde e segurança das mesmas.

Uma viagem para qualquer lugar que seja, deve ser bem planejada e organizada, de forma que contratempos sejam evitados. Alguns detalhes são cruciais para o sucesso e para a sua segurança durante a viagem. Independentemente do tempo que irá durar a viagem é importante proteger o passeio.

Pessoas portadoras de HIV precisam de um cuidado maior na hora de preparar uma viagem, especialmente viagens internacionais.

Devemos lembrar que nossa saúde deve vir em primeiro lugar, e esse cuidado especial com ela também se refere a viagens e passeios, por isso, a importância do seguro viagem hiv.

Seguro viagem hiv como funciona?

Seguros de viagem são muito importantes para qualquer pessoa que planeja visitar outro país. Sabemos que podem acontecer imprevistos e acidentes, isso é algo que não podemos controlar, certo? Mas, podemos nos prevenir a cerca dessas possíveis eventualidades.

Contratar um seguro de viagem é maneira mais segura de estar preparado para acidentes que venham a ocorrer. Consultas médicas, e medicamentos em outros países podem custar muito caro, ainda mais em casos emergenciais. No caso de pessoas soropositivo essa preocupação deve ser ainda maior.

Alguns medicamentos não são fáceis de conseguir fora do país, sendo que alguns deles ainda possuem restrições para determinados casos. A vantagem de contratar um seguro de viagens hiv é ter a segurança das coberturas oferecidas pelas seguradoras, sendo elas:

  • Despesas médicas;
  • Despesas hospitalares;
  • Regresso sanitário (se aplica em casos de passageiros impossibilitados de utilizarem de voos regulares, devido a um acidente ou invalidez);
  • Translado médico;
  • Translado de corpo;
  • Invalidez permanente total ou invalidez parcial por acidente em viagem.

Restrições para soropositivo

A primeira coisa que você deve saber antes de planejar sua viagem para o exterior, é se há restrições ou condições para portadores de HIV. Todo ser humano tem o direito de ir e vir. Mas, infelizmente alguns países ainda não permitem a entrada de pessoas soropositivo, ou possuem restrições.

Grande parte de países que possuem essas restrições estão na Europa, mas apesar de ainda existir muito preconceito e falta de informação em relação ao HIV, o conhecimento vem quebrando essa barreira, e mais países vem retirando ou diminuindo essas regras.

Normalmente, a dificuldade é maior quando o período de estadia no país é mais longo ou em casos de imigração.

Medicamentos e dicas de viagem para soropositivo

Não importa por quanto tempo irá durar sua viagem, você não deve parar seu tratamento contra a doença. Mesmo que em um espaço de tempo curto, a doença pode evoluir em diversas situações.

Para evitar que isso ocorra você pode optar por enviar seu medicamento por correio para o hotel ou um amigo.

O transporte do medicamento em uma bagagem de mão também pode ser feito, nesse caso para evitar transtornos, carregue com você uma carta escrita pelo seu médico com o nome do remédio e número de doses.

Lembrando que não é necessário em momento algum citar que você é um portador de HIV.

Além de tomar todas essas precauções, assim como contrato de um seguro viagem hiv, separamos mais algumas dicas que podem te ajudar, principalmente no transporte e na hora de passar pela vistoria. São elas:

  • Sempre leve consigo seus medicamentos, não coloque em bagagens despachadas, elas podem ser extraviadas ou atrasadas.
  • Carregue sempre medicação extra, imprevistos acontecem, você pode, por exemplo, por algum motivo atrasar na data de retorno.
  • Tenha sempre por perto a receita médica em inglês; lembrando que não é preciso mencionar o HIV.
  • Mantenha os medicamentos nas embalagens originais, de preferência lacrados e rotulados com seu nome.
  • Não fale sobre sua condição de soropositivo sem necessidade, tanto com outros viajantes quanto para responsáveis da alfandega ou da imigração.

A importância de um seguro viagem

Caso você fique doente, ou tenha qualquer tipo de problemas de saúde durante a viagem, seguro viagem hiv cobrirá essas despesas que podem ser exorbitantes. Dessa forma, você vai sentir uma maior segurança ao proteger o passeio, não importa qual seja o destino.

O mais importante de tudo é que você não se limite por um diagnóstico. Viajar é uma experiência incrível e que deve ser vivida por todos. Com um bom planejamento, usando seguro viagem hiv e tomando algumas precauções, é possível realizar seu sonho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui